Team One vence RED Kalunga e é a primeira Finalista do Circuitão 2019!

De um lado, a favorita e campeã da Fase Regular da competição, RED Kalunga, do outro a Team oNe, que chegou as semifinais com a pior campanha das as equipes classificadas. No final, os meninos da T1 venceram a série melhor de 5 por 3 a 1.

Os players escalados de cada time na disputa pela final eram:

Team One:

  • Gabriel “JoJo” Dzelme
  • Alanderson “4LaN” Meireles
  • Murilo “Takeshi” Alves
  • Luis “Absolut” Carvalho
  • Mateus “SkyBart” Neves


Red Kalunga:

  • Pedro “Lep” Marcari
  • Gabriel “Revolta” Henud
  • Adriano “Avenger” Perassoli
  • Guilherme “Guigo” Ruiz
  • Felipe “Yoda” Noronha
  • Gustavo “Sacy” Rossi
  • Caio “Loop” Almeida

No primeiro confronto, que foi o mais demorado, vemos ambas as equipes criando boas fights. Entretanto a atual finalista conseguia controlar melhor os objetivos do mapa e destruir mais torres, principalmente pelo fato do Jayce de Skybart estar a frete do Kennen do Guigo na TopLane

A partir dos 30 minutos de game, os famosos meninos de ouro se aproveitam da sua vantagem de visão no mapa para abater o Barão, deixando a RED sem chances de contestação. Ao voltar a base, a Team oNe começa a pressionar as três rotas, que já estavam com os inibidores expostos. Em uma tentativa de defesa, a matilha inicia uma luta e acaba perdendo, deixando o caminho da Team oNe aberto para a destruição de seu Nexus. Confira a partida:

Já o segundo jogo foi vencido pela RED, que acabou rápido com as chances de seus adversários, ela optou por fazer mudanças na sua lineup e contava com as confiantes substituições dos jogadores Avenger e Guigo por Yoda e Lep, respectivamente.

Ditando o ritmo da partida, a RED retira toda a visão de seus adversários, os deixando sem informação e assim, a matilha parte para o Barão aos 22 minutos. A oNe, mesmo sem visão, suspeita e vai em direção ao objetivo para checar, ao chegar lá eles sofrem uma iniciação, acabam perdendo dois jogadores e são obrigados a recuar, deixando o objetivo praticamente de graça para a RED.

Com o buff e depois de um belo pickoff da Leblanc de YoDa em cima do Karthus de 4LaN, a RED invade a base adversária e destrói dois inibidores. Buscando impedir a volta da matilha, a Team oNe inicia uma luta, porém falta dano, resultando assim na perda da team fight e consequentemente na queda do Nexus aos 26 minutos. Confira a seguir:

No terceiro, as duas equipes foram bem estratégicas, porém, aos 20 minutos de partida, após conseguir equilibrar a partida, a RED dá uma chamada de Dragão das Montanhas. Apesar de garantir o objetivo, eles sofrem a iniciação da oNe, que consegue encaixar um excelente combo e puni a equipe com 4 baixas. A vantagem numérica abriu espaço para os meninos de ouro eliminarem o Barão sem nenhuma contestação.

Ajudados pelos buff, os golden boys conseguem a destruição de várias torres, inclusive as tier 3 da rota do meio e inferior, abrindo uma vantagem de 8 mil de ouro. Aos 25 minutos, depois de conseguir abater a Morgana de YoDa, eles destroem o inibidor da rota inferior.

Depois da volta a base, eles encaixam uma ótima luta na rota do meio aos 27 minutos, garantem o ACE na partida e partem para a destruição do Nexus, retomando novamente a frente na série melhor de 5.


O quarto confronto começou bem tenso, as duas equipes se arriscavam pouco. O First Blood só foi sair aos 11 minutos de partida, e ficou nas mãos da Lissandra de Takeshi que teleportou para a rota inferior e abateu o Galio do Loop, e enquanto isso 4Lan garantia o arauto facilmente, que foi utilizado para derrubar a torre da rota inferior ainda na fase de barricada.


Pressionando as rotas e dominando a visão, a Team oNe foi empurrando a RED para dentro da sua base. Aos 22 minutos, eles fazem uma chamada rápida de Barão e abatem o objetivo. A matilha, tentando responder, acaba sofrendo quatro baixas e vê a diferença crescer ainda mais.
A oNe, aos 26 minutos, conseguem um ótima engage na rota do meio próximo ao inibidor e vencem a luta, partindo assim para a destruição do Nexus, garantindo sua vaga na final.

Vale lembrar que o campeão leva a vaga direta para o Segundo Split do CBLoL 2019. Já o vice-campeão, enfrenta em uma Série de Promoção a Vivo Keyd em busca da outra vaga.

A Team One disputará a grande final do Circuito Desafiante no dia 20 de abril, nos estúdios da BBL. O outro time finalista será definido hoje,0 terça-feira (2), na semifinal entre Pain Gaming e Falkol – que será transmitida às 18h nos canais oficiais da Riot Games.

Ana Carolina Marinho

Atualmente estudante de ciência da computação, amante do cenário de E-sports e de cultura nerd/geek, encontrada nos games com o nick "AnaKind4" ou no League of Legends e Steam como "AnaKind8", - nick fruto de um trocadilho usado para evitar transtornos frequentes em jogos online por motivos obvios. Integrante de uma iniciativa que busca integrar mais mulheres na área de tecnologia e apaixonada pela área de desenvolvimento de jogos e a indústria dos games, busca mostrar curiosidades no mundo dos games e da tecnologia em que mulheres foram partes cruciais da história, e compartilhar novidades e informações do cenário gamer com o público. Insta: @ana.c.marinho

Deixe uma resposta